Kathy-Rose Bullen (Fonte: Reprodução)
Kathy-Rose Bullen (Fonte: Reprodução)

Uma mulher de 31 anos recentemente se inscreveu na força policial do Estado da Vitória, na Austrália. Mas foi rejeitada devido à sua abundância de tatuagens Pokémon.

Kathy-Rose Bullen estava começando a se sentir um pouco cansada com seu trabalho. Assim, esperava fazer a transição para algo que lhe permitisse fazer a diferença na vida das pessoas, mantendo-se fisicamente ativa.

No entanto, as tatuagens de Bullen não aderiram às políticas da força policial vitoriana. Embora ela tenha ficado “desanimada” com a decisão, ela respeitou a posição da polícia sobre o assunto e foi muito educada ao ser rejeitada.

Tatuagens no rosto, pescoço e mão não são permitidas sob seus regulamentos. Embora Bullen não tenha sido tatuada no rosto ou no pescoço, ela faz várias tatuagens Pokémon nas juntas dos dedos e nas costas das mãos.