Arida the game
Ária mostra que o sertão nordestino tem desafios de sobrevivência dignos de um jogo. Imagem: Divulgação

O estúdio baiano AOCA Game Lab anunciou nessa quarta-feira (12) um novo trailer sobre Árida, projeto da casa. No vídeo, pode-se notar a incrementação de elementos gráficos frente ao último vídeo divulgado, bem como a inserção de uma trilha sonora que rima com os desafios do sertão nordestino. Confira:

Sobre o projeto

Inicialmente batizado de “Projeto Sertão”, Árida é fruto dos esforços do AOCA, um pequeno estúdio baiano que conta com oito desenvolvedores nesse projeto.
A fim de entreter e simultaneamente ensinar sobre a cultura local, o game se passa no sertão nordestino do séc XIX, onde a protagonista Cícera percorre cenários da região inspirada em Canudos para auxiliar o sertanejo em suas missões de exploração e sobrevivência.

Laboratório

Para compor o game com elementos fiéis ao ambiente pretendido, a equipe contou com ações importantes, como a ajuda de historiadores da Universidade Estadual da Bahia, além de irem pessoalmente até a região de Canudos para passar alguns dias absorvendo informações sobre tudo.

 Equipe da AOCA na região de Canudos para estudar a atmosfera sertaneja para aplicar o conteúdo absorvido em Árida. Foto: tumblr_inline_opv6rvzeNA1uw1f84_1280
Equipe da AOCA na região de Canudos para estudar a atmosfera sertaneja para aplicar o conteúdo absorvido em Árida. Foto: tumblr_inline_opv6rvzeNA1uw1f84_1280

O projeto alavancou, também, graças a um edital da Ancine, que contemplava ideias para a área de games, tendo o AOCA como único estúdio baiano entre os escolhidos.
Para a categoria de Árida, foram destinados R$250 mil reais. Certamente pouco para se fazer um jogo, porém, suficiente para gotejar com honra no cenário local.

Prêmios porretas

A ousadia do projeto já rendeu prêmio ao estúdio baiano antes mesmo do jogo ser lançado. O destaques ficam para a arte e a narrativa do jogo.

O game será dividido em três episódios, onde os tipos de desafio irão variando conforme o andamento do jogo.  Arida: Backland’s AwakeningParte 1 será lançado via Steam para computadores. De acordo com o último comunicado feito até então, o estúdio promete revelar a data de lançamento para quem adicionar o game em sua lista de desejos na plataforma de compra.

Outro brasileiro na luta

Tão competente, ousado e nacional quanto Cícera é Araní, um game no qual o jogador assume o papel da guerreira tribal Araní, que partirá em uma jornada pelas profundezas da selva amazônica para salvar sua tribo de um antigo poder mitológico, que ameaça tomar tudo ali. Assim, mais duas mulheres fortes entram para um time de brasileiros virtuais capitaneados por Blanka, que decerto está orgulhoso com as novas “vizinhas”.

Confira a matéria completa sobre a Araní aqui.