Europeus atropelaram. Imagem: Divulgação/Riot Games
Europeus atropelaram. Imagem: Divulgação/Riot Games

A G2 eSports é a mais nova campeã do MSI – Mid Season Invitational. Com um agudo 3 a 0 sobre os norte americanos da Team Liquid, os europeus da G2 conquistaram o mundialito de LOL durante a final disputada em Taiwan. Confira abaixo o resumo da final do MSI 2019:

De um lado havia a G2 eSports, time liderado por Rasmus “Caps” Winthe que derrubou a SKT1 , de Faker, em uma semifinal – algo que nunca acontecera com a telecom antes. Do outro, os americanos da Team Liquid, que por sua vez, derrotaram a atual campeã mundial de LOL, IG Gaming .

Tudo preparado para o que poderia a ser uma das melhores MD5 do semestre. E, de fato, foi, pelo menos em termos de tempo de finalização. Com um 3×0 limpo, a G2 faturou um prêmio de U$ 400 mil dólares (cerca de R$ 1,6 milhões).

Entendendo as partidas

Na primeira partida, era nítido a nervosismo em ambas as equipes. Logo no início, Yogin teve de sacrificar o flash de seu Tahm kench para fugir do time da G2. Sem o flash do suporte da TL, foi o caminho perfeito para Marcin “Jankos” Jankowski pressionar a botlane com seu Jarvan IV, juntamente com as iniciativas agressivas do Rakan, de Mihael “Mikyx” Mehle.

Abrindo brechas na botlane da TL, atrasando o crescimento de seus rivais, diversas rotações precisas e que enganavam o adversário e jogava em cima de seus erros, a G2 foi dividindo todo seu ganho, abrindo 1 a 0 de forma avassaladora na MD5.

Dado início ao segundo jogo, o que se viu foi uma TL mais equilibrada. O time não arriscava jogadas e guardava feitiços. Contudo, o problema foi crescendo na medida em que o midlaner Caps, com seu Sylas 8/1, começou a brigar 1v2 contra seus adversários, arrancando ultimates. A essa altura do jogo, a TL já não conseguia fazer muita coisa e se fechou em sua base, perdendo, assim, sua segunda partida.

Chegando na partida final, era então esperado que a TL fosse com tudo pra cima da G2. Isso porque sua composição, de forma interina, estava voltada para dano. Porém, formada por um Vladimir, Sydra e Kai’sa, que necessitavam de muito tempo para crescerem.

Dentro de jogo, Miky, que havia pikado novamente o suporte Rakan, assim como na primeira partida, brilhou na botlane. Assim, o time foi ditando o ritmo de jogo e sendo agressivo sobre a TL. Estes, por sua vez, pareciam completamente desnorteados na partida. Fazendo diversas rotações, segurando e dando Picoff nos rivais, aos 17 minutos de jogo a G2 abriu a base, destruiu o nexus, e sagrou-se então campeã do MSI 2019.