DOTA 2
Valve baniu 17.000 contas

Ao que tudo indica, deu ruim para os jogares que queriam levar vantagem no DOTA 2.
A Valve, criadora do game, informou na última sexta-feira (11), que baniu ou resetou 17 mil contas.
O motivo para isso seria o uso de smurfs e vendas ilegais de perfis dentro do jogo.

O termo ‘smurf’ é bastante conhecido tanto no DOTA 2, tanto no League of Legends. Consiste em jogadores veteranos que criam novas contas a fim de encontrar jogadores inexperientes e, devido a isso, ter superioridade em níveis mais baixos do game.

De acordo com a Valve, muito dessas contas são upadas até um nível considerado e depois comercializadas, atitude proibida dentro do “Dotinha”. Os fatores que levaram ao banimento das contas, é uma das principais reclamações dos jogadores em fóruns especializados do game.
Confira abaixo o comunicado da empresa:

“Hoje resetamos ou banimos 17 mil contas que foram pegas usando do matchmaking dentro das ranqueadas. Essas ações eram feitas, na maioria dos casos, por usuários de smurfs e por contas compradas”, diz o tweet.

Com a atitude, a Valve espera que os jogadores de níveis mais baixos tenham uma melhor experiência com o jogo.