INTZ penou, mas conquistou com muita raça o bicampeonato.

Em uma série MD5 para testar cardíacos, os Intrépidos venceram por 3×2 a paiN Gaming, neste domingo (23), e se sagraram bicampeões da Superliga ABCDE.

A grande final começou com ares de suspense, nesse que foi o último campeonato oficial de LOL em 2018.  Nenhuma das duas equipes tinha o favoritismo, devido ao grande desempenho de ambas durante a competição.
Fato este que foi comprovado durante toda a série, já que todos os jogos foram bastante equilibrados, exceto o quarto.

Principais momentos da Superliga ABCDE

A INTZ conseguiu dominar os objetivos do jogo um, entretanto, não conseguia uma forma de finaliza-lo. Isso até que o caçador adversário foi subitamente abatido, abrindo espaço para os Intrépidos realizarem o barão, finalizando a partida.

Na segunda partida, mais uma vez, as equipes se mostraram niveladas. A paiN Gaming até conseguiu abrir vantagem, mas a INTZ conseguiu realizar os objetivos e ficar com os principais buffs. Devido a estes fatores, as lutas da equipe bicampeã foram melhores no late game, fator determinante para a vitória.

A INTZ chegou para a terceira partida com uma mão na taça. Mas, a paiN Gaming não estava afim de levar mais um 3×0 dos Intrépidos. Em uma partida que passou dos 40 minutos, o dragão ancião foi essencial para a primeira vitória da paiN na série.
Com um dos principais buff do jogo, o topo Marcelo “Ayel” Mello e o midlaner Thiago “Tinowns” Sartori se teleportaram até a base inimiga. E então, com um belo backdoor, a pain Gaming respirou na série.

Veja também: Divulgada a Agenda do CBLoL 2019

Meio caminho andado

Já a quarta partida, foi um passeio da paiN Gaming. Com 11 abates a 0, a paiN não tomou conhecimento da INTZ e levou a série para a quinta e última partida.
Com um early game dominado pela paiN, os fãs da “melhor torcida do mundo” ficaram esperançosos por uma virada épica. Gustavo “Minerva” dominou a selva do jungler da INTZ, Diogo “Shini” Rogê.
Contudo, não foi suficiente. A paiN não conseguia disparar na vantagem de ouro e viu tudo desandar quando a INTZ conseguiu uma boa luta e o buff do barão.

Com a vantagem, os Intrépidos puderam forçar mais uma luta e novamente deram um show na execução. Com todos os jogadores da paiN mortos, a INTZ teve o caminho livre para destruir o nexus e ganhar, pela segunda vez, a Superliga ABCDE.

Gigantes Desafiantes

A final entre paiN e INTZ mostra que as duas equipes, mesmo sendo rebaixadas em 2018 para o Circuito Desafiante, a Série B do League of Legends, tem grande potencial para voltarem a elite do CBLOL em 2019.

Colaboração de Guilherme Vilas Boas.