O personagem Axel, 26 anos após sua estreia nos videogames.

Há 28 anos atrás, Axel, Blaze e Adan ajudavam a limpar o cenários de Streets of Rage (Ruas de Fúria) em pancadarias transmitidas pelas TVs de tubo da molecada, que vivia a era de outro dos jogos beat’em up (jogos urbanos onde se vai adando e batendo nos oponentes).      Agora, o clássico das ruas de fúria vai caber oficialmente na palma da mão de quem quiser reviver essa treta.

A SEGA disponibilizou gratuitamente a versão clássica de Streets of Rage 2 para celulares e tablets. E enquanto o novo game da franquia não chega, os fãs podem matar a saudade de maneira prática e portátil. Assim como outros clássicos lançados na linha SEGA FOREVER, o jogo vem com melhorias para dinamizar a revisita.

O game vem com os personagens Axel, Max, Blaze, Skate e um quarto novo elemento que pode te acompanhar durante essa parada: A publicidade. Contudo, por cerca de R$1,99 você pode dar uma voadora nela seguir a pancadaria sem esse incoveniente. Contudo, a negativa para essa possibilidade não chega a irritar a experiência.

Embora a jogabilidade com os controles na tela touch não chegue a ser ruim, o tato necesssário para virar a tempo de evitar aquele golpe covarde pode fazer falta. Para isso, talvez os joysticks de celular seja o mais indicado para uma boa performance.

Outra curiosidade são os recursos acicionais nessa plataforma, como as opções de rebobinar alguns segundos e saves na nuvem.   O grande diferencial fica por conta do modo cooperativo, que permite que dois celulares joguem a mesma partida, ainda que de sistemas operacionais diferentes.

Agora é só escolher o parça e partir pra cima dos vagabundos pelas ruas.  Com fúria.