The Suicide of Rachel Foster
Imagem: Divulgação

The Suicide of Rachel Foster é um jogo narrativo de aventura em primeira pessoa, de aparência estranha, ambientado em um “hotel desolado na montanha” no início dos anos 90. Presos por uma nevasca, e sem conexão com o mundo exterior além da voz desencarnada de um agente distante da FEMA, os jogadores explorarão o hotel em um esforço para resolver “um mistério familiar sombrio”.

Se essa história e trailer parecerem um pouco familiares, é bem provável que você seja um dos que joguem ou jogaram Gone Home, What Remains of Edith Finch e / ou Firewatch em algum momento nos últimos anos. As semelhanças não são sutis – mas, por outro lado, se você quiser se inspirar em outros jogos, poderá encontrar várias semelhanças e ficar um pouco decepcionado.

A Editora Daedalic Entertainment descreve “O suicídio de Rachel Foster” (tradução livre para o português) como “um thriller sobre amor e decepção”, com pedaços de mistério e horror aqui e ali, todos baseados em “histórias intrigantes, tocantes e maduras”.

A Daedalic é geralmente bastante sólida nessa frente, apesar de Goodbye Deponia, mas o jogo está sendo desenvolvido pelo One-o-One Games, um estúdio italiano cujo lançamento anterior – um atirador de bengala Mad Max-knockoff para celulares – não oferecer muitas informações sobre a profundidade de suas capacidades narrativas, ou seja, é de ficar atrás.

Ainda assim, a aparência do trailer é boa e tem um gosto de um bom mistério, então esperamos realmente que isso seja um bom indicio. O jogo The Suicide of Rachel Foster está disponível para pré-compra no Steam e será lançado no dia 19 de fevereiro.