Cyberpunk 2077
Imagem: CD Projekt Red

O game Cyberpunk 2077 terá um modo multiplayer como já foi divulgado, mas a CD Projekt Red mantém o recurso bem perto do peito. Em uma recente chamada para investidores, no entanto, o presidente Adam Kiciński tocou brevemente no assunto da monetização, embora sem ceder muito.

“No que diz respeito à monetização no multiplayer para Cyberpunk, acreditamos que agora é definitivamente muito cedo para compartilhar detalhes sobre isso”, disse ele aos investidores. “O projeto está em um estágio relativamente inicial. Continuamos experimentando. Este é o nosso primeiro jogo multiplayer, e verificamos diferentes opções e possibilidades, e definitivamente não é o momento de apontar para uma determinada direção específica”.

A “monetização” é bastante ampla. A CD Projekt Red anteriormente informou que haveria microtransações, mas isso ainda deixa a porta aberta para o DLC multiplayer e outros métodos de separar os jogadores de seu dinheiro. Os investidores estavam certos de que o desenvolvedor não mudaria sua política de acordos com os players e que a monetização seria “sábia” e com uma boa relação custo / benefício.

Enquanto Kiciński disse que o multiplayer de Cyberpunk 2077 foi o primeiro para o estúdio, essa honra realmente foi para o jogo Gwent (The Witcher), que parece ter sido esquecido. Ele contém microtransações, mas, ao contrário do Cyberpunk 2077, é um jogo gratuito, portanto o modelo de monetização provavelmente será muito diferente.

Cyberpunk 2077 está agora na reta final de lançamento, de acordo com seus resultados financeiros, compartilhado em um vídeo acima. Ele está programado para ser lançado em 16 de abril de 2020, mas o multiplayer não aparecerá até que todo o DLC gratuito já tenha sido lançado, dando a CD Projekt Red mais tempo para descobrir sua abordagem.