pokemon-home-transfer-sword-shield
Imagem: Reprodução.

Um dos novos recursos de Pokémon Sword e Shield e que há um bom tempo está presente em Pokémon Go, é a mecânica de Raids, na qual os jogadores se unem para enfrentar um monstrinho (ou monstrão) super forte.

Na nova versão para o console, os jogadores podem escolhem lutar contra os Gigantamax e Dynamax online ou offline. Quando os players escolher em lutar longe de uma conexão com a internet é que o problema começa.

Nas batalhas, os aspirantes a Mestre Pokémon entram em uma sala com três NPCs e seus monstrinhos, porém, toda vez um personagem controlado pela máquina possui um Magikarp, que todo fã da franquia sabe que não consegue infringir dano algum ao adversário e muito menos concede alguma melhoria aos seus aliados.

Mesmo servindo um pouco para absorver os danos do adversário, diversos jogadores estão reclamando da repetição e falta de ajuda da máquina no Twiiter.

“Quase tive um ataque cardíaco com isso. Primeira batalha contra o Lapras Gigantamax (5% de chance!!) e os NPCs estão carregando um Pikachu, Magikarp e Wobbufet… nós conseguimos! Caramba, estou tremendo”, postou um jogador na rede social.

“Eu não entendo por que a inteligência artificial é tão ruim nas batalhas de Raid em Pokémon Sword e Shield. Como eu tento lutar contra um Pokémon Gigantamax, e o jogo pensa que ele deveria me dar treinadores NPCs que usam um Margikarp?”, comentou outro player.