Darksiders Genesis
Imagem: Divulgação

Um dos grandes desesperos de muitos usuários de PCs, são as configurações para jogarem seus games favoritos, principalmente os lançamentos. Muitos chegam com tantas novas configurações que nem vale a pena comprar o game, pois sai mais barato um novo computador. Pelo menos, desta vez, o jogo Darksiders Genesis não irá exigir um computador muito potente.

O lançamento de Darksiders Genesis já está chegando, e a Airship Syndicate, finalmente divulgou os requisitos mínimos e recomendados para os jogadores começarem a se preparar. Os PCs terão que ter pelo menos 4GB de RAM, mas o recomendado é que seja de possuirem 8GB instalados. Parece até muito, mas como poderão conferir abaixo, não será nada tão complicado.

Isso também é refletido no processador, onde é necessário pelo menos um Intel i5-4690K ou um AMD FX-8320. Na parte das placas de vídeo, os usuários podem ter pelo menos uma GeForce GTX 960 instalada que poderão jogar tranquilamente o título. Confira abaixo o que você precisa para jogar Darksiders Genesis:

Requisitos Mínimos

  • Sistema Operativo: Windows 7, 8, Windows 10 (64 bit)
  • Processador: AMD FX-8320 (3.5 GHz) / Intel i5-4690K (3.5 GHz) ou melhor
  • Memória: 4GB de RAM
  • Placa Gráfica: NVIDIA GeForce GTX 960
  • DirectX: Versão 11
  • Disco: 15GB de espaço disponível

Requisitos Recomendados

  • Sistema Operativo: Windows 7, 8, Windows 10 (64 bit)
  • Processador: Intel Core i7-3930K (3.2 GHz)/AMD Ryzen 5 1600 (3.2 GHz) ou melhor
  • Memória: 8GB de RAM
  • Placa Gráfica: NVIDIA GeForce GTX 1060
  • DirectX: Versão 11
  • Disco: 15GB de espaço disponível

Duas observações sobre estes requisitos. A primeira é que independentemente da configuração, precisarão de um processador e de uma versão do Sistema Operativo de 64-bit. A segunda é que a produtora confirmou que são preliminares, podendo haver alguns ajustes de última hora.

Darksiders Genesis será lançado no PC e no Google Stadia no dia 5 de dezembro. As versões PlayStation 4, Switch e Xbox One ficarão disponíveis a partir de 14 de fevereiro de 2020.