A LOUD, criada por Bruno PlayHard, um dos youtubers mais populares de Free Fire do Brasil e Jean Ortega, empreendedor no segmento de games mobiles, é uma das 12 finalistas da Free Fire Pro League 3 e promete brigar pelo título que além da premiação de R$ 35 mil, garante uma das 2 vagas para o Free Fire World Series.

Criada em fevereiro deste ano, a organização hoje é uma das mais conhecidas no cenário nacional e conquistou o 6º Lugar na Pro League de Free Fire 2, realizada em julho em São Paulo. A Free Fire Pro League 3 vem sendo disputada desde o mês de agosto. Dos mais de 10 mil times que se inscreveram, 1.728 começaram na competição até a grande final com apenas 12 times.

Para esta temporada, foram contratados Will, Sharin, que juntos com Bradoock e Vinixz conquistaram a vaga num duelo acirrado com mais de 7.000 jogadores que começaram a competição que pode levar os times vencedores a Free Fire World Series que será disputado também no Rio de Janeiro, na semana seguinte, 16 de novembro, com US$ 400 mil de premiação. Conheça mais sobre o squad da LOUD.

LOUD SQUAD

LOUD Bradoock

Samuel Borges começou a jogar com 10 anos e não parou mais, do PC passou para o celular, onde a popularidade levou ao convite para fazer parte da LOUD. Vindo de Jaboticabal, uma cidade do interior de São Paulo, Bradoock tem 19 anos e é o jogador mais completo in game, dono de uma mira imbatível é o que mais se adapta a versatilidade do Free Fire, sempre dando todo suporte aos companheiros de equipe.

LOUD ViniZx

Paulistano de Santo André, com 18 anos, o sorridente Vinícius Cardoso não esconde o talento nato para o jogo. Tímido, ele se destaca por ser um dos melhores jogadores com a M1014 do cenário brasileiro. 

Sua movimentação muito rapida, e o estilo de jogo agressivo são essenciais para o time.

LOUD Will

Direto do Rio Grande do Sul, Willl pegou seu primeiro mestre na temporada 9 de Free Fire, sendo 5 vezes Top Global no jogo. O gaucho de 20 anos já jogou competitivamente pelas equipes da Game Over, Los Grandes e B4stardos. Na LOUD ele se destaca usando sua MP40 e partindo pra cima de eliminar os inimigos, sempre ágil e rápido.

LOUD Sharin

O recifense de 20 anos, veio direto da NEW xGAMING, vencedora da Pro League de Free Fire 2. Com passagens também pela Magnatas e Fantasy Death(ProLeague S1), trouxe toda experiência adquirida nos últimos torneios para ser o lider do time em jogo, comandando o squad com chamadas precisas e estratégicas.

Para se preparar para a FFPL3, além das novas contratações no inicio da temporada, a LOUD montou uma Gaming House exclusiva para o time, contratando Rodrigo Henrique, o Ike, como coach do time. Dono de vários títulos em Clash Royale, Ike trouxe toda sua experiência em torneios internacionais deste outro famoso jogo mobile para preparar os jogadores.

As partidas da final da FFPL3 serão transmitidas nos canais oficiais do Free Fire no Youtube e Facebook, a partir das 13h. Veja aqui como foram os embates da definição dos finalistas.