Arida the game
Ária mostra que o sertão nordestino tem desafios de sobrevivência dignos de um jogo. Imagem: Divulgação

O estúdio da Aoca Game Lab anunciou a data de lançamento de seu grande projeto, Árida. O game brasileiro que se passa no sertão nordestino, tem estreia marcada para 15 de agosto de 2019. Cercado de muita expectativa, o jogo protagonizado por Cícera, tem chamado a atenção por sua originalidade.

“Estamos bem empolgados e ansiosos também”. Afirmam os desenvolvedores, que assim como nos estúdios de grande porte, também tem ajustes de última hora. “Sempre tem alguma coisa para polir” completa o time.

Anteriormente batizado de “Projeto Sertão”, Árida é fruto dos esforços do AOCA, um pequeno estúdio baiano que conta com oito desenvolvedores nesse projeto.
A fim de entreter, ensinar sobre a cultura local e sobretudo retratar os persistentes dramas da região, o game se passa no sertão nordestino do séc XIX.

A imagem pode conter: texto
O facão era a principal ferramenta de Dona Firmina durante suas andanças. Agora, nas mãos de Cícera, a ajudará a combater a sede e a fome, além de abrir os caminhos fechados sertão adentro. Isso sim é uma missão. Imagem: Divulgação.

Ali, a protagonista Cícera percorrerá cenários da região inspirada em Canudos para auxiliar o sertanejo em suas missões de exploração e sobrevivência. Em suma, o jogo tem tudo para que se reavalie o conceito “survivor” em um game. Onde o ato de sobreviver, nesse caso, é realmente uma missão nessa parte de nosso país.

O jogo de Árida pode ser conferido aqui.