Nintendo 3DS
Nintendo 3DS. Imagem: Divulgação

Sempre que um console de uma mesma categoria é sucedido por outro mais moderno, a tendência é que o primeiro perdendo investimento e, consequente suporte. Faz parte do ciclo natural de um produto. Contudo, a Nintendo anunciou essa semana que irá ter uma postura diferente com seus portáteis.

De acordo com uma declaração da empresa feita a revista TIME, Doug Bowser, presidente da Nintendo America, os negócios para o console 3DS continuam “indo muito bem”. A afirmação é reforçada pela estimativa de que a empresa ainda pretende vender mais um milhão de unidades de 3Ds até o fim do ano fiscal de 2020. Nada mal para um console que já vendeu 75 milhões de unidades com quase dez anos de vida.

Os varejistas continuam a suportar tanto o hardware quanto o software. E enquanto houver demanda dos consumidores pelo 3DS, continuaremos a apoiá-lo.” disse Bowser, que entende o veterano console como uma ótima porta de entrada para gamers mais jovens.

“Na verdade, acreditamos que é um ótimo ponto de entrada para jovens jogadores. Um 2DS a $79 com um jogo incluso é uma proposta de grande valor para um jovem jogador que entra no ecossistema da Nintendo.

As palavras de Bowser decerto são uma boa notícia para fãs do console, que podem se considerar amparados pela empresa para qualquer imprevisto técnico em seu hardware. Em contrapartida, o comunicado não significa necessariamente que os desenvolvedores irão continuar produzindo novos títulos para o console.