SONY - Fim do PS Vita F
Fim de ciclo: Após anos tentando emplacar, PS Vita tem sua descontinuação anunciada.


“Kinjitsu shukka kanryō yotei/近日出荷完了予定 “, ou “conclusão de produção em breve”.
Foi com esses ideogramas que o internauta japonês se deparou assim que visualizou parte do menu descritivo do PS Vita, na página japonesa do produto. Uma notícia que, em linhas gerais, chateia, mas não surpreende.

Isso porque o anúncio dessa semana confirma o que a Sony já havia prometido ano passado, quando informara sobre o fim da produção do seu portátil. Entretanto, foi somente com esse anúncio – feito nas páginas dos modelos PCH-2000 ZA11 ( Black) e PCH-2000 ZA23 (Aqua Blue) – que tudo, de fato, se consolidou.

Na época, além do anúncio de descontinuação, a empresa informou ainda que as mídias físicas só seriam fabricadas até metade de fevereiro de 2019, período no qual se encerra o ano fiscal japonês. Contudo, o conteúdo digital ainda seguiria por mais algum tempo, embora nada de relevante tenha sido lançado ultimamente.

Time que estava ganhando

Lançado como um substituto natural do PSP em 2011, tudo o que o PS Vita tinha de fazer era dar sequência no que já vinha dando certo. Entretanto, o console virou o “irmão do meio” quando, em 2013, veio o ofuscante PS4.
Após isso, foi uma questão de tempo até que os grandes jogos fossem rareando no console.

PS Vita Conconrrentes
O vizinho também bateu pesado: Além de disputar a atenção dentro de casa, o PS Vita ainda enfrentou a excelente aceitação do Nintendo 2Ds. Foto: Divulgação

De acordo com Hiroyuki Oda, vice-presidente da Sony Interactive Entertainment, não há previsão de se investir em um novo portátil.
Assim, a Sony encerra um ciclo de quase quinze anos investindo no seguimento de consoles portáteis.

Ao PS Vita, fica registrada a hospedagem de grandes franquias como Killzone, Final Fantasy, Uncharted, dentre outros.

Leia também:
PS Classic | Console já custa menos de US$ 40;
PS5 | Rumor de retrocompatibilidade;
Santa Monica, estúdio de God of War, está contratando!